Iniciativas de Ciclo Colecionar Arte

Ciclo Colecionar Arte | Conversas a partir de Coleções Particulares com Mário Teixeira da Silva e Adelaide Duarte

2017-03-22
18:30

A Direção dos Amigos do Museu do Chiado vai organizar um nova sessão do Ciclo Colecionar Arte. Vamos conhecer a coleção de arte contemporânea portuguesa e internacional que Mário Teixeira da Silva tem vindo a reunir nas últimas décadas. Colecionador desde que se lembra de si, ainda aluno universitário começa  a interessar-se por arte contemporânea e a adquirir obras de arte.

Reuniu uma coleção eclética de grande qualidade, onde os valores da contemporaneidade, em diferentes médium (destaque para a fotografia), coabitam com o romantismo de um Cristino da Silva, o ambiente simbolista de um António Carneiro, as máscaras africanas ou um trono de Gonçalo Mabunda, em referência a tempos pós-coloniais.

Em conversa com Adelaide Duarte, Mário Teixeira da Silva dará a conhecer o seu perfil de colecionador flâneur, as suas motivações, os artistas e as obras que o apaixonam, o percurso colecionista e algumas questões de mercado.

Mário Teixeira da Silva licenciou-se em Engenharia Química pela Faculdade de Engenharia do Porto. Em 1975, abre o Módulo-Centro Difusor de Arte, no Porto, uma galeria dedicada às novas tendências na arte contemporânea, uma linha de trabalho em que persiste desde há quatro décadas.

Adelaide Duarte é historiadora de arte e coordenadora executiva da Pós-graduação Mercado da Arte e Colecionismo na FCSH-UNL. Professora auxiliar convidada e investigadora de pós-doutoramento, com bolsa FCT, no Instituto de História da Arte da FCSH-UNL. Vice-Presidente da Associação Amigos do Museu Nacional de Arte Contemporânea-Museu do Chiado e responsável pelo Ciclo Colecionar Arte. Conversas a partir de coleções particulares.

CICLO COLECIONAR ARTE: CONVERSAS A PARTIR DE COLEÇÕES PARTICULARES COM RUI VICTORINO e CARLOS BESSA PEREIRA

2016-11-29
18:30


A Direção dos Amigos do Museu do Chiado vai organizar mais uma sessão do Ciclo Colecionar Arte. Vamos conhecer a coleção de arte moderna e contemporânea portuguesa que Rui Victorino tem vindo a reunir nas últimas décadas.

De âmbito abrangente, os artistas modernistas (Amadeo de Souza Cardoso, Dominguez Alvarez, Almada Negreiros, Mário Eloy, António Pedro, Fernando Lanhas) convivem, paredes meias, com os autores de produção mais recente (Paula Rego, Jorge Martins, Julião Sarmento, Ana Jotta, Jorge Queiroz). Uma característica singular desta coleção é o sentido criterioso com que o colecionador estuda e escolhe as obras.

Em conversa com o galerista Carlos Bessa Pereira, Rui Victorino, médico, investigador e professor, dará a conhecer, pela primeira vez em público, as suas motivações, os artistas que o apaixonam, o percurso colecionista e algumas questões de mercado.


Rui M. M. Victorino é Médico Especialista em Medicina Interna, Professor Catedrático da Faculdade de Medicina de Lisboa e Diretor do Serviço de Medicina 2 do Hospital Santa Maria. Licenciou-se na Faculdade de Medicina de Lisboa e Doutorou-se pela Universidade de Londres onde fez parte da sua formação pós-graduada no Hammersmith Hospital . Está ainda ligado como Investigador Clínico ao Instituto de Medicina Molecular desde a sua fundação.

Carlos Bessa Pereira é licenciado em Farmácia, tem experiência em investigação, gosta de colecionar arte contemporânea e desde há cinco anos gere a Galeria Bessa Pereira Design do Século XX e Arte Contemporânea.

CICLO COLECIONAR ARTE: RUI VICTORINO e CARLOS BESSA PEREIRA

2016-11-29
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
CICLO COLECIONAR ARTE: RUI VICTORINO e CARLOS BESSA PEREIRA
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
CICLO COLECIONAR ARTE: RUI VICTORINO e CARLOS BESSA PEREIRA
CICLO COLECIONAR ARTE: RUI VICTORINO e CARLOS BESSA PEREIRA
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
Ciclo Colecionar Arte:  Rui Victorino e Carlos Bessa Pereira
CICLO COLECIONAR ARTE: RUI VICTORINO e CARLOS BESSA PEREIRA

CICLO COLECIONAR ARTE: CONVERSAS A PARTIR DE COLEÇÕES PARTICULARES COM FERNANDO FIGUEIREDO RIBEIRO E ADELAIDE DUARTE

2016-10-11
18:30

A Direção dos Amigos do Museu do Chiado vai organizar mais uma sessão do Ciclo Colecionar Arte

Vamos conhecer a coleção de arte contemporânea portuguesa que Fernando Figueiredo Ribeiro tem vindo a reunir ao longo de mais de duas décadas. É uma coleção abrangente, sem temas nem técnicas orientadoras, mas onde se percorre a criação artística portuguesa dos últimos 30/40 anos, da autoria dos mais relevantes artistas ativos na contemporaneidade. 

Em conversa com a historiadora de arte Adelaide DuarteFernando Ribeiro falará das suas motivações, dos critérios de gosto, do mercado da arte e do QuARTel, a nova casa da coleção protocolada com o município de Abrantes.

Fernando Figueiredo Ribeiro trabalha no setor financeiro há 28 anos, dos quais cerca de 11 passados em Londres. Licenciado em economia pela Universidade Católica Portuguesa e um MBA pela Universidade Nova de Lisboa. Adquiriu a sua primeira obra de arte aos 21 anos. Da arte, diz que é uma paixão pelo que fica!

Adelaide Duarte é historiadora de Arte e coordenadora executiva da Pós-graduação Mercado da Arte e Colecionismo na FCSH-UNL. Professora auxiliar convidada e investigadora de pós-doutoramento, com bolsa FCT, no Instituto de História da Arte da FCSH-UNL. Doutora em Museologia e Património Cultural (2012) sobre colecionismo privado de arte moderna e contemporânea em Portugal, na Universidade de Coimbra. Vice-Presidente da Associação Amigos do Museu Nacional de Arte Contemporânea-Museu do Chiado e responsável pelo Ciclo Colecionar Arte. Conversas a partir de coleções particulares

Contamos convosco no dia 11 de outubro, às 18h30, no MNAC-MC!

CICLO COLECIONAR ARTE: FERNANDO FIGUEIREDO RIBEIRO E ADELAIDE DUARTE

2016-10-11
21:00
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte:  Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
http://amigos.museuartecontemporanea.pt/Iniciatives/view_by_category/7
http://amigos.museuartecontemporanea.pt/Iniciatives/view_by_category/7
http://amigos.museuartecontemporanea.pt/Iniciatives/view_by_category/7
http://amigos.museuartecontemporanea.pt/Iniciatives/view_by_category/7
http://amigos.museuartecontemporanea.pt/Iniciatives/view_by_category/7
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte
Ciclo Colecionar Arte: Fernando Figueiredo Ribeiro e Adelaide Duarte

CICLO COLECIONAR ARTE: CONVERSAS A PARTIR DE COLEÇÕES PARTICULARES COM PEDRO CABRITA REIS E RAQUEL HENRIQUES DA SILVA

2016-05-11
Pizz Buin - Projecto Casa, 2007.


A Direção dos Amigos do Museu do Chiado apresenta a coleção de arte contemporânea portuguesa de Pedro Cabrita Reis no Ciclo Colecionar Arte.

Artista plástico, dos mais importantes da sua geração, Cabrita Reis reuniu uma coleção de obras a partir dos anos 1990 que recentemente vendeu à Fundação EDP. Em breve vamos poder vê-la no Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, um novo projeto museológico a ser inaugurado junto à Central Tejo. O gosto por colecionar, o olhar e a sensibilidade do artista sobre os seus pares, as motivações que originaram a reunião daquele conjunto de peças serão alguns temas partilhados numa conversa conduzida por Raquel Henriques da Silva.

Contamos convosco no dia 11 de maio, às 18h30, no MNAC-MC!


CICLO COLECIONAR ARTE: PEDRO CABRITA REIS E RAQUEL HENRIQUES DA SILVA

2016-05
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva
Ciclo Colecionar Arte: Pedro Cabrita Reis e Raquel Henriques da Silva

19 Nov. / Ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de coleções particulares com Miguel Rios e Susana Pomba

2015
2015
18:00
19:30
Ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de coleções particulares com Miguel Rios e Susana Pomba
Ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de coleções particulares com Miguel Rios e Susana Pomba

A Direção dos Amigos do Museu do Chiado apresenta uma nova sessão do Ciclo Colecionar Arte. Vamos conhecer uma coleção de arte contemporânea internacional, disponível ao público em Lisboa, desde há três anos. Projeto privado, inovador e de ambição internacional, a Fundação Leal Rios| Arte Contemporânea, através da sua programação, tem mostrado a coleção que Manuel e Miguel, dois irmãos, têm vindo a reunir há década e meia. Susana Pomba, curadora independente, conduz a conversa com Miguel Rios, diretor da Fundação e colecionador, pelos caminhos da escolha dos artistas, das obras, das exposições, da estratégia, da motivação para colecionar.

Contamos convosco no dia 19 de novembro, às 18, no MNAC-MC!


Susana Pomba

Nasceu em Lisboa em 1974. Licenciada em Pintura com pós-graduação em Estudos Curatoriais pela FBAUL, Universidade de Lisboa e frequência da Pós-Graduação em Edição, Livros e Novos Suportes Digitais da Universidade Católica. Como curadora, é responsável pelos projetos “O Dia Pela Noite” no Lux Frágil e o evento mensal “Old School” no Espaço Teatro Praga, entre outros. É autora do blog “Dove’s taste of the Day” (desde 2007) que regista por meio de fotografia e vídeo uma grande quantidade das exposições, concertos, performances e edições de criadores portugueses e estrangeiros. Colaborou com diversas publicações culturais e é editora da revista “Props” com, e para o Teatro Praga, desde 2009.

 

Fundação Leal Rios | Arte Contemporânea

Miguel Leal Rios (Lisboa, 1965), designer, é Cofundador e Diretor da FLR - Fundação Leal Rios | Arte Contemporânea

FLR foi fundada como instituição portuguesa de direito privado, em 24 de março de 2012. Tem como objetivos a divulgação, manutenção, preservação e promoção das obras e artistas representados na coleção de arte contemporânea, que os irmãos Manuel e Miguel Leal Rios têm vindo a formar, nos últimos catorze anos. 


Localizada em Lisboa, num espaço adaptado para o efeito, a coleção está acessível ao público, através da realização de exposições temporárias e do desenvolvimento de atividades pedagógicas complementares, de forma a contribuir para um melhor entendimento e conhecimento da arte portuguesa e internacional. 


Desde 2012, a FLR inaugurou cinco exposições individuais e duas coletivas, com a apresentação de núcleos de peças da coleção, como Stele de Francisco Tropa, The Man Nobody Could Lift de Becky Beasley, Transubstanciação de Helena Almeida, Rectangle Disorder de Susana Mendes Pinto e Nada é Imutável de Rui Sanches, The Future is but the Obsolete in Reverse  As the Earth Spins Beneath the Stars. Também recebeu uma exposição externa do artista David Maljković, produzida por Francisco Fino Projects. 


Num processo de internacionalização da coleção, a FLR, para além de divulgar a sua atividade em importantes media como e-flux, Art Forum, Artreview e Mousse, apresentou a coletiva  Writing Diffraction no Festival LOOP 2015, em Barcelona, estando agora em estudo a sua itinerância. Para a realização destas exposições, a FLR tem recebido curadores e historiadores como Simone Menegói, Filipa Ramos, Delfim Sardo, Pedro De Llano, Mariana Roquette Teixeira, Rina Carvajal, Aurora Garcia e Karen Archey.


Paralelamente, para além do empréstimo de obras a vários museus  e eventos nacionais e internacionais  - Culturgest/Lisboa, CAM Gulbenkian/Lisboa, Museu de Serralves /Porto, Centro de Artes Visuais/Coimbra, Fotogallery/Cardiff, Fotomuseum Winterthur/Winterthur), Stiftung Kunstsammlung Nordrhein-Westfalen/Dusseldorf), Bienale de Veneza/Veneza, Art in General/Nova Iorque, MAMAC/Nice e Museu de Arte Moderna/Rio de Janeiro) -,  Miguel Leal Rios tem sido convidado a participar em mesas redondas e talkings, destacando-se a ARCO (Madrid, 2014),  LOOP (Barcelona, 2015), Viennacontemporary (Viena, 2015) e ArtBo (Bogotá, 2015), e tem agendado participar em The Armory Show (Nova Iorque, 2016) e Moving Image New York (Nova Iorque, 2016). Estas participações visam a divulgação da FLR  e têm sido fundamentais para a sua  internacionalização.


Na época difícil que Portugal e o mundo atravessam, os fundadores da FLR pretendem partilhar este projeto, procurando manter vivo o espírito de iniciativa, com a convicção de que o poder criativo do conjunto de obras que fazem parte do acervo da FLR trará, certamente, a Lisboa e ao país, e porque não ao mundo, uma outra visão sobre a relação que se pode estabelecer entre arte, artistas e a atividade do colecionador.

Próximas exposições:

PART I,  de Luis Paulo Costa, de 26 de Novembro  2015  a  7 de Maio de 2016
PART II, de Luis Paulo Costa, de 26 de Maio 2016 a 1 de Outubro de 2016

Ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de coleções particulares com Miguel Rios e Susana Pomba

2015-11
18:00
19:30
Ciclo Colecionar Arte: Francisco Capelo, Miguel Rios, Susana Pomba
Ciclo Colecionar Arte:  Miguel Rios e Susana Pomba
Ciclo Colecionar Arte: Miguel Rios e Susana Pomba
Ciclo Colecionar Arte: Miguel Rios e Susana Pomba
Ciclo Colecionar Arte: Miguel Rios e Susana Pomba
Ciclo Colecionar Arte: Miguel Rios e Susana Pomba
Ciclo Colecionar Arte:  Miguel Rios e Susana Pomba

10 DE JULHO | CICLO "COLECIONAR ARTE: CONVERSAS A PARTIR DE COLEÇÕES PARTICULARES" COM LUIZ AUGUSTO TEIXEIRA DE FREITAS E PAULA BRITO MEDORI

2015-07-10
18:30
20:30
Ciclo "Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares" com Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Paula Brito Medori
Ciclo "Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares" com Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Paula Brito Medori
Ciclo "Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares" com Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Paula Brito Medori
Ciclo "Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares" com Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Paula Brito Medori
Ciclo "Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares" com Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Paula Brito Medori
Damián Ortega, Módulo de Construcción con Tortillas, 1998

Ciclo "Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares" com Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Paula Brito Medori

O colecionador e advogado Luiz Augusto Teixeira de Freitas, em conversa com Paula Brito Medori, vai contar a história e as motivações da formação de uma das mais interessantes coleções particulares de arte contemporânea do país.


27 MAR | CICLO COLECIONAR ARTE: CONVERSAS A PARTIR DE COLEÇÕES PARTICULARES com JOSÉ LIMA e RAQUEL HENRIQUES DA SILVA

2015-03-27
18:30
20:00
Daniel Barroca, 5 Obstructed Images, 2011 (detalhe)                              Col. Norlinda e José Lima, São João da Madeira | Fot. Adelaide Duarte
Daniel Barroca, 5 Obstructed Images, 2011 (detalhe) Col. Norlinda e José Lima, São João da Madeira | Fot. Adelaide Duarte


Ciclo Colecionar Arte, Conversas a Partir de Coleções Particulares vai recomeçar já em março. 

A próxima sessão irá dar a conhecer a coleção de arte contemporânea internacional reunida por José Lima, um empresário da área do calçado. Reunida a partir dos anos 80, a coleção foi disponibilizada ao público em São João da Madeira, fruto de uma parceria entre o colecionador e o município. 

É uma oportunidade para conhecer as motivações e os meandros do mercado da arte pelo testemunho de José Lima em conversa com Raquel Henriques da Silva.


27 MAR | CICLO COLECIONAR ARTE: CONVERSAS A PARTIR DE COLEÇÕES PARTICULARES com JOSÉ LIMA e RAQUEL HENRIQUES DA SILVA

2015-03
2015-03
18:30
20:30
Ciclo Colecionar Arte. Raquel Henriques da Silva e José Lima
Ciclo Colecionar Arte. Norlinda

17 Out | Ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares com Arlete Alves da Silva e Francisco Capelo

2014-10-17
18:30

Caros Amigos do Museu do Chiado,

No seguimento do ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares iniciado no ano passado, teremos oportunidade de recordar a formação de uma das mais importantes coleções particulares de arte moderna e contemporânea portuguesa reunida por Manuel de Brito, marchand e galerista fundador da Galeria 111, através do testemunho de Arlete Alves da Silva, a sua companheira de vida e de projeto. As histórias e as vicissitudes da sua constituição, a sua disponibilização pública no Centro de Arte Manuel de Brito, em Algés, serão alguns dos temas abordados na conversa conduzida por Francisco Capelo.

Contamos com a vossa presença!

 

A Direção    

Conversas a partir de coleções particulares com Alexandre Melo e David Santos

2014-04-23
Alexandre Melo e David Santos
Alexandre Melo e David Santos

No âmbito do Ciclo Colecionar Arte, David Santos, Diretor do Museu Nacional de Arte Contemporânea, conduziu a conversa com Alexandre Melo, conhecido comissário e crítico de arte, além de colecionador. Alexandre Melo partilhou com o público a coleção de arte contemporânea portuguesa e internacional que tem vindo a reunir, fruto da relação de amizade com os artistas e das aventuras por que tem passado no mundo da arte.

Conversas a partir de coleções particulares com Rita Romão e Alberto Caetano

2014-02-13
Rita Romão e Alberto Caetano
Rita Romão e Alberto Caetano
Dando continuidade ao Ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares, iniciado em 2013, a segunda sessão deu-nos a conhecer a coleção de um arquiteto lisboeta, Alberto Caetano que, desde a sua juventude, tem vindo a reunir uma preciosa coleção de artistas portugueses contemporâneos. Em conversa com Rita Romão, falou das suas escolhas, das amizades com os artistas, da relação das peças com o seu espaço e das paixões que os objetos lhe suscitam.

Conversas a partir de coleções particulares com Carlos Bessa Pereira e Francisco Capelo

2013-11-21
Carlos Bessa Pereira e Francisco Capelo
Carlos Bessa Pereira e Francisco Capelo

A Direção d’ Os Amigos do Museu do Chiado decidiu convidar, ciclicamente, colecionadores particulares para divulgarem as coleções que reúnem e partilharem as suas motivações e gosto, aproximando-os simultaneamente dos Amigos e do Museu.O Ciclo Colecionar Arte: Conversas a partir de Coleções Particulares iniciou-se no dia 21 de Novembro  e teve como oradores Francisco Capelo, colecionador eclético e experiente na formação de coleções de vários tipos, que conversou com Carlos Bessa Pereira, um colecionador que se iniciou nas artes decorativas do século XVIII e tem feito um percurso pelo design do pós-guerra, com incidência no design português.

< anteriorseguinte >